Deficiência Visual

De acordo com os Decretos Federais ns. 3298/1999 e 5296/2004, considera-se:

- deficiência

Toda perda ou anormalidade de uma estrutura ou função psicológica, fisiológica ou anatômica que gere incapacidade para o desempenho de atividade, dentro do padrão considerado normal para o ser humano;

- deficiência permanente

Aquela que ocorreu ou se estabilizou durante um período de tempo suficiente para não permitir recuperação ou ter probabilidade de que se altere, apesar de novos tratamentos;

- incapacidade

Uma redução efetiva e acentuada da capacidade de integração social, com necessidade de equipamentos, adaptações, meios ou recursos especiais para que a pessoa portadora de deficiência possa receber ou transmitir informações necessárias ao seu bem-estar pessoal e ao desempenho de função ou atividade a ser exercida.

- deficiência visual

Cegueira, na qual a acuidade visual é igual ou menor que 0,05 no melhor olho, com a melhor correção óptica; a baixa visão, que significa acuidade visual entre 0,3 e 0,05 no melhor olho, com a melhor correção óptica; os casos nos quais a somatória da medida do campo visual em ambos os olhos for igual ou menor que 60º; ou a ocorrência simultânea de quaisquer das condições anteriores;

Sede AADV-PC

Copyright AADV 2005 - Todos os direitos reservados

Rua Louis Braille, 85

Residencial Paineiras

CEP: 37716-036 - Poços de Caldas – MG

(35) 3714-3807 / 3697-5182 / 3697-2127

aadv@aadv.com.br

Desenvolvido por:

Felipe D'Ambrósio